5 estados e o DF vacinaram 109 mil contra Covid, aponta consórcio de veículos de imprensa; demais estados não divulgaram números

Balanço da vacinação contra Covid-19 no Brasil nesta quinta-feira (21) aponta que 5 estados e o Distrito Federal vacinaram 109.097 pessoas, segundo dados divulgados até as 20h. Os demais não divulgaram números consolidados de vacinação que representem todo o estado.

A informação é resultado de uma nova parceria do consórcio de veículos de imprensa, formado por G1, O Globo, Extra, O Estadão de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL. Os dados de vacinação passam a ser acompanhados a partir desta quinta-feira (21).

O consórcio já divulga desde 2020 o número de mortes e casos por coronavírus, além da situação nos estados e a tendência da pandemia no país (veja o boletim com a média móvel de mortes e casos desta quinta-feira, 21).

A vacinação começou em 17 de janeiro, em São Paulo, e nos dias seguintes se estendeu aos demais estados do país. Serão imunizadas, nesta primeira fase, 2,8 milhões de pessoas de grupos prioritários (34% dos trabalhadores de saúde, pessoas com 60 anos ou mais em instituições como asilos, pessoas com deficiência também nestas instituições e indígenas vivendo em terras indígenas.

 

Brasil, 21 de janeiro

 

 

  • Total de vacinados desde 17/1: 109.097
  • Esse valor é a soma dos vacinados em BA, DF, ES, MA, RN e SP.
  • Demais estados não divulgaram dados

 

O total de 109.097 equivale a:

 

  • 0,05% da população brasileira
  • 0,07% da população acima de 18 anos
  • 3,82% da prioritária da fase 1
  • 1,82% das doses disponíveis

 

 

Vacinados por estado

 

 

  • BA: 36.097
  • DF: 7.409
  • ES: 5.110
  • MA: 3.894
  • RN: 3.656
  • SP: 52.925

 

 

Origem dos dados

 

 

  • Total de doses: números divulgados pelos governos estaduaisas secretarias de Saúde dos estados.
  • As informações sobre população prioritária e doses disponíveis são do Ministério da Saúde.
  • As estimativas populacionais são do IBGE.

 

 

Consórcio

 

O consórcio foi formado em junho de 2020, em resposta a uma decisão do presidente Jair Bolsonaro de, na ocasião, restringir acesso a dados sobre a pandemia. Os boletins informam, atualmente, o número de pessoas mortas por coronavírus, a quantidade de contaminados e a média móvel, indicador segundo o qual é possível verificar em quais estados a pandemia do novo coronavírus está aumentando, diminuindo ou em estabilidade.

Fonte: G1


Comentários

NOSSOS PARCEIROS

aplicativo yeta gravações

App Rádio Yeta Gravações

Baixe nosso aplicativo e ouça 24 horas de músicas sem para.

android